Meritocracia existe? Seduc Intec Artigo - Artigo Seduc Intec
AVA Aluno e Professor
Portal do Aluno
06/08/2020

Meritocracia existe?

Meritocracia existe? Em que realidade?

“Modo de seleção cujos preceitos se baseiam nos méritos pessoais daqueles que participam: conseguiu o trabalho por meritocracia.”

Esse conceito parece bastante simples e óbvio, e realmente seria se vivêssemos em uma sociedade igualitária. Entretanto não só o Brasil, mas como grande maioria dos países possuem desigualdades sociais gritantes. Algumas pessoas lutam todos os dias pra conseguir colocar um prato na mesa, enquanto outras têm certeza que o banquete estará servido ao meio dia.

Não seria irracional pedir para que esses dois grupos obtivessem os mesmos resultados? Realmente é irracional, mas acontece diariamente!

Pessoas pobres são taxadas de preguiçosas, que era só estudar que conseguiria algo melhor, que era só trabalhar que não moraria na rua. Afinal a rua é um atrativo né?

Quem são as pessoas que conseguem alcançar sucesso profissional?

A meritocracia espera que pessoas consigam alcançar o sucesso, mas ao compararmos as diferentes realidades é visível que é praticamente impossível algumas pessoas alcançarem esse “sucesso”.

Exemplo: eu uma adolescente de classe media alta, que nunca precisei trabalhar, que sempre tive certeza que teria comida na geladeira, que estudei em escola privada minha vida toda e estou em rumo da faculdade. E do outro lado uma menina que nasceu na periferia, acabou engravidando aos 14 anos por falta de educação sexual na escola, e que por isso largou os estudos para trabalhar e sustentar o seu filho.

Quem com certeza se formará na faculdade? É possível conseguir um emprego com um bom salário? Quem tem mais chances de ter sucesso profissional?

A desigualdade social prevalece a meritocracia…

Acredito que a resposta tenha sido bastante obvia, portando esse papo de meritocracia não funciona enquanto desigualdades sociais tão profundas existirem, enquanto as oportunidades forem tão diferentes!

Não, não quero igualdade, pois todos nós somos pessoas diferentes, quero equidade para que todos tenham as mesmas oportunidades e ai sim a meritocracia seria justa. Por enquanto é apenas uma maneira de manter a sociedade estagnada com as desigualdades sociais já existentes.

Portanto, a família em que você nasce tem grandes chances de determinar seu futuro, e isso não sou eu quem digo e sim o Fórum Mundial de Economia.  O qual constatou que uma pessoa com baixa renda demoraria em média nove gerações para alcançar a classe média. Então essa conversa de meritocracia é história para criança dormir, já que a realidade é totalmente outra.

 

Por Juliana Matesich Maiorky